Skip to content

Cinema e Mercado

28/05/2009

Por Ana Paula Pereira e Windson Souza

(da esq. pra dir.) Carmen Lúcia, Thiago Barboza e Maria

(da esq. pra dir.) Carmen Lúcia, Thiago Barboza e Maria Tereza

Aconteceu hoje no início da tarde na sala 05 da Facom/UFBA a sessão de trabalhos “Cinema e Mercado”, com participação da professora de produção cultural da Universidade Federal Fluminense Maria Teresa Mattos, do mestrando Tiago Barboza e da doutoranda Carmen Lima.

A professora e pesquisadora Maria Teresa deu início às apresentações falando sobre seu trabalho de mapeamento de festivais de cinema, que é realizado em parceria com o Fórum dos Festivais. Em seu trabalho, Maria busca analisar e compreender o setor de festivais e identificar os diferentes perfis deste tipo de evento. A professora expôs os conceitos e metodologias do seu trabalho, trouxe dados comparativos relacionados à realização de festivais em todos os estados do Brasil e alguns países do exterior, e falou sobre as principais dificuldades encontradas.

Após Maria Teresa, o mestrando em cultura e sociedade e também coordenador da sessão Thiago Barboza apresentou seu trabalho sobre o intelectual baiano Walter da Silveira. Começou expondo o contexto histórico do cinema baiano a partir dos anos 60, logo após mostrou resultados sobre sua pesquisa. Barbosa citou um dado apontado pelo crítico de cinema André Setaro segundo o qual 90% das pessoas que frequentam a sala Walter da Silveira (Salvador, BA) não conhecem sua história. Falou sobre o nascimento e a formação acadêmica do cineasta. Para o mestrando, Walter é um intelectual de vanguarda inclinado à esquerda, foi o agente formador da do cinema baiano, inclusive com a criação do Clube de Cinema. Por fim, Barbosa citou um termo com qual ele define Walter da Silveira:

agente formador de uma intelectualidade cinematográfica baiana

Carmen Lúcia Lima, doutoranda do programa Cultura e Sociedade, apresentou as pesquisas por ela realizadas para sua tese “Redes Sociais na Produção de Filmes Cinematográficos: O caso da Novíssima Onda Baiana”. Carmen expôs o método por ela utilizado na análise do setor cultural e falou sobre a importância da abordagem de redes sociais, que atuam como conjuntos regulares de conexões entre indivíduos e grupos. Ao expor sua metodologia, a doutoranda explicou como foi importante selecionar as categorias de atores sociais fundamentais para criação e concepção do filme, fazendo uso de dois tipos diferentes de abordagem. Segundo palavras de Carmen,

o método das redes sociais permitiu fotografar malhas de relações e calcular medidas para identificação de atores sociais importantes e fluxos simbólicos culturais

Ao final do sessão, o coordenador Thiago Barboza abriu espaço para um bate papo com os espectadores, que discutiram as funções dos atores sociais e o lugar do cinema no e sua relação com o mercado.

Anúncios
4 Comentários leave one →
  1. Thiago Coelho permalink
    29/05/2009 1:06

    Olá para Todos do ENECULT,

    Primeiramente gostaria de agradecer a oportunidade de expor meu trabalho neste evento de suma importancia para o campo da cultura. Quero tambpem elogiar toda a equipe envolvida com o evente, desde sua concepção e realização até sua cobertura. O grau de profissionalismo de todos pe admiravel.

    Quero aproveitar o espaço para fazer algumas resalvas à certos pontos do texto acima punlicado. O primeiro ponto é que walter da Silveira nunca atuou como cineasta propriamente dito, apesar de ter contribuído com algumas produções (à exemplo de sua atuação no filme “O Pagador de Promessas”), seu papel sempre foi o de intelectual e estudioso de cinema (além de grande apreciador, é claro). No que diz respeito a pesquisa realizada com os frequentadores da Sala Walter da Silveira, o dado acima é apresentado pelo Professor da Faculdade de Comunicação da UFBa André Setaro e não por mim, como diz acima. E, por fim, me refiro a Walter como um agente formador de uma intelectualidade cinematografica baiana.

    Espero, com essas resalvas, ter elucidado essas questões mais claramente. Desde já agradeço a atenção e a compreensão de todos.

    Abraços

    Thiago Barboza de Oliveira Coelho.

    • windson1 permalink
      29/05/2009 16:37

      Thiago, já reparamos os equívocos cometidos. Nossas sinceras desculpas e até mais.

      Abçs.

  2. Tatiane permalink
    29/05/2009 9:46

    Gente, gostaria de agradecer a iniciativa dos organizadores do Enecult, achei o post interessante pois eu não pude assistir essa sessão por motivos de força maior, mas ao menos pude me informar um pouco sobre o que foi tratado, obrigada.

    Beijos, Tati

  3. simonebraz permalink
    29/05/2009 10:29

    Parabéns Windson, pelo otimo trabalho realizado.
    Adorei as informações.
    Bjocas, Luiza

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: