Skip to content

As varias interseções da música

28/05/2010

Por Rafael Rebouças e Simone Braz

No início da tarde de quinta-feira, no Centro Acadêmico da Facom, a música foi o gancho que pautou os trabalhos apresentados na sessão intitulada “Culturas Populares e Massivas”.  A sessão contou com os seguintes trabalhos: “O Bonde da Bahia” – Cultura Popular e Cultura de Massa”, de Elisabeth de Jesus Fernandes; “Eu sou mais Indie que você – Estratégias que Apontam como o Indie Rock se Comunica como um Gênero Musical a partir do Estudo de caso de Mallu Magalhães e Little Joy”, de Nadja Vladi Cardoso Gumes e “Sebastian: Um videoclipe transformado em prece”, de Kallyne Cristina Bessa Nascimento.

Iniciando a sessão de trabalhos, a pesquisadora Elisabeth de Jesus trabalhou a relação da cultura de massa e  da cultura popular a partir da analise de um veículo de massa, o rádio, através da estação Bahia FM. Segundo a autora ,o veículo se apropria de elementos da cultura popular, como a música,veiculando o pagode como gênero mais escutado; a religião, devido a utilização de música do candomblé; o berimbau, símbolo reconhecido regionalmente e os videoclipes vinculados na televisão, que retratam uma realidade próxima dos receptores da rádio.

Já a jornalista e pesquisadora Nadja Vladi aborda, em seu artigo, a música a partir da comunicação, procurando explicar como o indie rock, estilo musical caracterizado por circular selos independentes, se configura como gênero musical. A autora ainda relata que nenhum gênero é acabado, mas sim híbridos e que funcionam como microscópios da cultura, classificadores do consumo cultural.

Finalizando as apresentações, a estudante da Universidade Estadual de Santa Cruz, Kallyne Cristina Bessa Nascimento, analisou a música Sebastian interpretada por Gilberto Gil e Milton Nascimento. A autora analisa o videoclipe da música, que contém elementos religiosos. Procura entender como a música foi utilizada para atingir outros públicos, como os religiosos. Som e imagem como criação de sentido.

Sala: Centro Acadêmico (FACOM)
Mesa coordenada: Culturas Populares e Massivas
Participantes:

– Elisabeth de Jesus Fernandes – “O Bonde da Bahia”-Cultura Popular e Cultura de Massa
– Nadja Vladi Cardoso Gumes – “Eu sou mais Indie que você – Estratégias que apontam como o Indie Rock se comunica como um Gênero Musical a partir do estudo de caso de Mallu Magalhães e Little Joy”
– Kaillyne Cristina Bessa Nascimento – “Sebastian” : Um videoclipe transformado em prece”

Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: