Skip to content

Lia de Itamaracá

25/07/2011

“Em 2000, brinquei junto a amigos de imitar Lia, coloquei uma toalha na cabeça, criando um turbante e soltei a voz: ‘Eu sou Lia da beira do mar…’. Gostaram, riram e comentaram sobre a semelhaça da voz… Tomei gosto pela imitação e, vez por outra, lá estava eu numa festinha com um pano na cabeça, incorporando a cirandeira.” Estas são as palavras de Plínio Maciel Cordeiro Gomes para explicar a intervenção artística Lia de Itamaracá, que ele realizará no dia 04 de agosto às 16h no Pavilhão de Aulas Glauber Rocha (PAF 03 – UFBA). 

A apresentação será feita em cantigas de ciranda e é uma homenagem a cirandeira Lia, um patrimônio vivo do estado de Pernambuco. O objetivo é valorizar uma manifestação cultural da Ilha de Itamaracá, utilizando o elemento da performance como linguagem que expresse a grandiosidade da cirandeira e sua contribuição para o enriquecimento cultural do povo pernambucano.

Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: