Skip to content

Eixo Políticas Culturais: Sessão Audiovisual e TV

04/08/2011

A sessão Políticas culturais: audiovisual e TV contou com a presença de duas integrantes do Centro de Estudos Multidisciplinares em Cultura (CULT): Laura Bezerra, também coordenadora da sessão, e Renata Rocha. As pesquisadoras apresentaram o trabalho Políticas de Audiovisual: um panorama e falaram sobre as políticas para o cinema e para a televisão e os desafios para a implementação no Brasil e em outros países.

Bezerra e Rocha falaram da dominância da cinema de Hollywood – que corresponde a 85 % dos filmes vistos no mundo – e explicaram que essa dominância não têm como base a qualidade da produção ou preferência dos que assistem, mas sim, uma questão de política do governo norte-americano. Segundo as pesquisadores, no Brasil, a política de cinema quase sempre se resumiu a uma política de fomento à produção. A mudança ocorreu no governo Lula, durante a gestão do ministro Gilberto Gil, com novidades para a integração dos elos da cadeia produtiva.

As pesquisadoras falaram ainda que o surgimento do YouTube propiciou transformações radicais como a flexibilidade de divulgação, a construção de memória e a possibilidade de superação das clássicas relações de poder entre profissionais e amadores. Entretanto, Bezerra e Rocha destacaram a necessidade de regulamentação. Ao mesmo tempo que o acesso a cultura passou a ser facilitado, há a necessidade de proteção aos direitos autorais.

Os outros dois trabalhos previstos para discussão na mesa não foram apresentados.

Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: