Skip to content

Cidade, Cultura Urbana e Visualidade são debatidos em Mesa Coordenada

10/08/2012

No último dia de debates do Enecult, realizado nesta sexta-feira (10), a Mesa Coordenada “Cidade, Cultura e Visualidade” contou com a participação de  professores pesquisadores que discutiram sobre as diversas abordagens da cidade e suas representações.

Quem iniciou o debate foi o professor da Universidade Federal de Feira de Santana (UEFS), Juarez Duarte Bonfim, que trouxe em pauta a sua pesquisa “A imagem de Salvador na literatura de Jorge Amado: Suor (1934)”, fazendo um link com sua representação geográfica, feita por Milton Santos em seu livro “O centro da cidade de Salvador: um estudo de geografia urbana”. Para o pesquisador, a imagem de uma cidade é composta por diversos aspectos, desde a imagem visual, a imagem identitária e também por escritores, músicos, artistas plásticos. São pelas representações que as pessoas vão procurar imagens identitárias próprias da cidade de Salvador, sobre o ser baiano, a baianidade.. Nessa abordagem é possível compreender como o espaço geográfico pode contribuir para a construção do ambiente numa produção romanesca, afirma o pesquisador, que observa que a realidade mostrada no romance (na década de 30), até hoje também faz jus à nossa realidade.

Seguindo a discussão, o Prof. Maurício Matos do Instituto de Humanidades, Artes e Cultura (IHAC), abordou “A imagem de Salvador nos filmes baianos da década de 60 a 80”. O pesquisador ressaltou que o objetivo dessa pesquisa é também mostrar a transformação ocorrida na cidade, relatada a partir do olhar do cinema, que também sofreu mudanças nesse período. Para Maurício, é necessário perceber de forma crítica o espaço de diferença, do sujeito invisível a partir da visão de construção e reconstrução de uma política hegemônica de não reconhecimento,  que causa no indivíduo uma relação de subalternidade e de submissão. Essa relação produz  “um impacto na forma da cidade se organizar” segundo o pesquisador, e o cinema se introduz como um mecanismo de intervenção, no momento que se propõe a relatar, também, essas relações.

Em sua fala, Maurício ainda enfatiza que as transformações históricas, políticas e sociais modificam a maneira como o sujeito vai ser construído não só no cinema, mas também através de conceitos sociais e questões não fílmicas e propõe que a ideia de cidade seja vista, também, a partir de uma perspectiva de comercialização das favelas brasileiras, como forma de mostrar o indivíduo subalterno e marginalizado.  Após essa apresentação, o mestrando Eledison de Souza Sampaio trouxe a sua pesquisa, intitulada “Vigilância Contemporânea: o emprego do vídeo como violência na cidade”, questionando a implantação de câmeras nas cidades, visando a segurança no espaço urbano. Para ele, essa questão de segurança é algo controverso, pois a vigilância acaba estabelecendo um mecanismo de poder. Essa perspectiva também foi tratada pelo pesquisador como uma tática de invisibilidade, no momento em que os efeitos desses dispositivos de vigilância produzem diversos efeitos e possibilidades de interpretação.

Finalizando o debate, o professor da Universidade Federal do Cariri, apresentou o seu estudo “Tipos móveis de texto urbano: os moto táxis em Juazeiro do Norte”, que trata da representação da cidade como forma alternativa de transporte. Na opinião do pesquisador, o crescimento das cidades fez com que o ritmo do pedestre não acompanhasse a velocidade com que as coisas precisam ser realizadas, fazendo com que se criem alternativas para agilizar e dar mobilidade aos indivíduos. No fim das apresentações foi debatida a possibilidade de trabalhar a cidade a partir de diversos olhares, mas sempre ficando atento às estratégias que são utilizadas para se perceber o mundo.

Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: