Skip to content

Giselle Beiguelman

Artista multimídia e curadora. Professora dos programas de pós-graduação em Comunicação e Semiótica e Tecnologias da Inteligência e Design Digital da PUC de São Paulo. Diretora Artística do Prêmio Sergio Motta de Arte e Tecnologia desde 2008, foi curadora do Nokia Trends em 2007 e 2008 e é autora de diversos projetos premiados concebidos para Internet e mediados por celulares. Desenvolve projetos para web desde 1994 e envolvendo dispositivos de comunicação móvel desde 2001, quando criou Wop Art , elogiado pela imprensa nacional e internacional, incluindo The Guardian (Inglaterra) e Neural (Itália), e arte que envolve o acesso público a painéis eletrônicos via Internet, SMS e MMS, como Leste o Leste?, egoscópio (2002) , resenhado pelo New York Times, Poétrica (2003) e esc for escape (2004). Seu trabalho aparece em antologias importantes e obras de referência devotadas às artes digitais on-line como o Yale University Library Research Guide for Mass Media e Digital Arts (C. Paul, Thames and Hudson, 2008), entre outros. Seus projetos foram apresentados em exposições como 25a Bienal de São Paulo, Arte/Cidade, Net_Condition (ZKM, Alemanha), el final del eclipse (Fundación Telefonica, Madrid), Algorithmic Revolution (ZKM), Video Vortex (Montevideo,Amsterdam) e Netescópio (MEIAC, Espanha). É editora da seção novo mundo da revista eletrônica Trópico, colaboradora da Leonardo Electronic Almanac e Iowa Web Review e Cybertext. Entre suas publicações recentes destacam-se: “Link-se” (Peirópolis, 2005) e a organização de “Apropriações do (In)Comum – Espaço Público e Privado em Tempos de Mobilidade” (Instituto Sergio Motta, 2009). Coordena, com o Prof. Dr. Marcus Bastos, o Grupo de Pesquisas “net art: perspectivas criativas e críticas”.

One Comment

Trackbacks

  1. Movimento Cultura Brasil no VI Enecult

Comentários encerrados.

%d blogueiros gostam disto: